Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Casamento não é brinquedo!




Queridos, casamento não é brinquedo!
Quando um casal se envolve emocionalmente e este envolvimento vira um namoro que evolui para um noivado e posteriormente para um casamento; inúmeros são os planos e sonhos que se constroem. Tomar a decisão de casar gera em ambos os nubentes expectativas de uma vida futura que poderá ou não se realizar.
Começam sonhando com o lugar onde vão morar. Independente de ser uma mansão ou um casebre, uma casa própria ou alugada, nova ou velha, nobre ou simples, faz parte dos sonhos e alimenta o coração. Partindo daí pensa-se nos móveis, o que poderão comprar, o que ganharão de presente, o que “recheará” o seu “doce lar”. Algumas vezes altera-se a ordem dos fatos: adquire-se os móveis e utensílios domésticos e posteriormente a moradia.
O “casamento” é um terreno fértil, traz alegrias e perspectivas.
Então, se você pretende se aventurar por estes caminhos pense bem!
A aliança feita diante da autoridade religiosa vai muito além da troca de anéis, ela é feita também nos céus. Não se casa apenas na terra mas também no céu. A aliança é tripla: esposa, esposo e DEUS!
Não brinque com os sentimentos do Pai.
Não aja por impulso.
Não se case porque é bonito ser casado; porque todos os seus amigos se casaram; porque deseja saber como é ter a sua casa; ou porque já não suporta mais viver sob o comando de seus pais... Enfim; case-se porque deseja permanecer casado e constituir uma família nos céus e na terra.
Talvez ao se arrepender ninguém te encorajará a prosseguir – muito pelo contrário, eu creio que muitos o encorajarão a desistir! Mas Deus te repreenderá. Sem que alguém levante a voz contra você, haverá acusação.
Quem não passa por provas?
Não deixe Deus te levar para passear pelo vale da sombra da morte. Ele pode não permitir a sua volta...

Nenhum comentário:

Postar um comentário